sexta-feira, 12 de março de 2010

Por uma Teologia no Protesto


Nada mais inquietante e incomodo nos últimos tempos do que a avalanche de protestos que invade o meio evangélico brasileiro, pelos mais variados motivos. Não fico incomodado pelo teor dos protestos em si, pois muitas verdades estão sendo ditas sobre líderes evangélicos inescrupulosos, metido nas mais sórdidas ações de estelionato, malandragem e imoralidade. Estas coisas precisam ser denunciadas até as últimas conseqüências mesmo, e é papel da igreja lutar pela promoção da justiça “ampla, geral e irrestrita”, começando pelos seus quintais e pelos seus púlpitos (1Pe 4.17), e se estendendo até as políticas publicas. Não podemos nos omitir ante a desfaçatez de lideres maquiavélicos que usam de todos os meios para tirar proveito dos fiéis.
Mas uma ressalva precisa ser feita. Toda essa luta, todo esse engajamento de protesto moral precisa estar vinculado a uma visão teológica razoável. Não se pode admitir que os mesmos “brigões” em prol da boa conduta e da ética na liderança religiosa sejam tão negligentes no posicionamento teológico. A crise pela qual passamos é, sobretudo teológica como bem observou Michael Horton:
“Temos que acreditar no mais profundo do nosso coração, que a maior crise não é política, moral ou cultural, mas espiritual, isto é teológica” e “para nos posicionarmos, temos que conhecer três coisas: Nossa Fé bíblica, nosso próprio tempo e as diferenças entre os dois”. (HORTON, Creio. Ed Cultura Cristã, p.18)
Nossa luta não é apenas da cartilha dos direitos do consumidor, dos extorquidos e lesados financeiramente, mas é também por uma pregação mais teológica e menos filosófica. É preciso protestar a favor e não somente contra. Protestar a favor é levantar a bandeira do Evangelho, da Salvação, da Graça, da Soberania de Deus. É apontar a edificação que a Palavra de Deus proporciona. É preciso falar de Jesus, o Cristo, e tirar do foco os usurpadores dos púlpitos que posam de messias. Esses pseudo-messias querem os holofotes ao melhor estilo “falem bem ou falem mal...” Estamos lutando legitimamente para tirar a “abominação do lugar santo”, mas não é para deixar o lugar vazio.
Deixo aqui o meu protesto por uma Teologia Protestante, o protesto sem teologia é protesto sem causa!!
“Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne”, e “as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando sofismas e toda altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo”. (Ef.6.12a; 2Co.10.4,5, grifos meus)
Naquele que nos escolheu para batalhar
Francisco Jr

10 comentários:

  1. Shalom!

    Prezado Prof. Francisco, uma alegria conhecer seu ótimo blog.O Eterno resplandeça o rosto Dele sobre ti e toda a sua família.

    Medite em Gn 49.24

    Nele, Pr Marcello

    Uma pérola: "PRegadores frios produzem pecadores ousados" Thomas Adams

    Visite: http://davarelohim.blogspot.com/

    e veja o interessante texto:

    A Trindade em Isaías 63

    P.s>>> Caso o irmão se identifique com o blog, torne um seguidor. Será uma honra!

    Grato!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Pr Marcelo,

    ja visitei e estou seguindo...

    abraço

    Na Paz de Cristo

    ResponderExcluir
  3. Olá graça e paz seja contigo!!
    Passando para conhecer seu espaço, e gostaria de aproveitar a oportunidade e te convidar para conhecer o Amigo de CRISTO.
    É um blog novo, mas voltado e acunhado na palavra, isento de criticas
    Mas como meta, levar o leitor direto ao alvo, à pessoa de Jesus, sua visita
    Será uma alegria, e também estaremos somando positivamente, como voz estaremos fortalecendo o mandamento do ide de Jesus, e estreitando a união por esse canal de comunicação para honra e a glória do nome do senhor, em um só corpo.. paz seja contigo..Amigo De Cristo
    Aproveitando essa felicidade dessa visita, gostaria de ter sua opinião sobre o segundo debate do PR Silas Malafaia, sobre a PL 122/2006 que uma lei que se encontra nos tramites do senado sobre a homofobia ou melhor a lei que resguarda os direitos de pessoas homossexuais Silas Malafaia esteve no Programa do Ratinho (SBT) nesta quarta-feira (24/03)

    ResponderExcluir
  4. Paz, Pr. Francisco.

    Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus lhe continue abençoando poderosamente.

    Estou seguindo o vosso blog.

    Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

    http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

    Siga-nos também.

    Fica com Deus.
    Um abraço, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo belo trabalho apresentado aqui no blog. Já estou seguindo!

    Aproveito pra lhe convidar a conhecer meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra. Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

    http://csantosonline.blogspot.com/

    Te espero lá!

    ResponderExcluir
  6. Paz em Cristo jesus eu gostei muito do teu Blog é mo benção... ((Veja))www.blog-vidaprofetica.blogspot.com deixe um comentaria blz até logo valeuuuuu...

    ResponderExcluir
  7. estou seguindo este blog...e uma bencao..abraco a todos fiquem na paz!!http://produzindocemporum.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá Francisco, tudo bem? Enfim, consegui chegar por aqui!

    Teu texto é verdadeiro, pois busca equilibrar as coisas, e equilíbrio para mim, é tudo. Mas te confesso que sou muito pessimista quanto à solução que você propõe. O que seria hoje uma "teologia protestante"? o que seria hoje um "protestante"? E porque a teologia a qual devemos priorizar seria a "protestante"?

    Para mim, a crise é exatamente porque as teologias tradicionais estão ficando caducas, desmemoriadas, sem o que dizer para a pós-modernidade, triste por que ninguém dá a mínimo bola hoje em dia para ela.

    Nossas crenças, creio eu, não podem se fossilizar e se estabelecer para sempre sem que a cada geração, se faça uma crítica do próprio pensamento espiritual.

    Essa crítica hoje não há. Os bem intencionados e idealistas como você, propõe voltarmos à teologia clássica, mas é exatamente ela o problema. Ela ainda tem o que dizer para o homem de hoje? Para quem tem fé hoje?

    Creio que não.

    Mas gostei muito da sua posição, pois você propõe um rumo, uma direção, ainda que eu tenha sérias dúvidas que seja o melhor caminho.

    Espero podermos trocar boas ideias. Faço-lhe um convite: Visite, siga e participe do blog coletivo "Confraria dos pensadores fora da gaiola": cpfg.blogspot.com

    Lá tem alguns amigos, todos originários do meio cristão evangélico mas comprometidos com a liberdade, com a reflexão, com construções e desconstruções teológicas, às vezes até às raias da pura heresia para alguns. Mas você sabe que "heresia" quase sempre é um modo de dizer que a minha teologia/modo de pensar é a certa, logo a do outro é falsa...

    Sua participação lá enriqueceria muito nossas reflexões e quem sabe, daqui há um tempo, você poderá participar como articulista.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  9. Olá Eduardo, obrigado por prestigiar o blog....quanto ao texto, a priori não tento impor nenhuma teologia como solução, meu argumento é pura e simplesmente contra o protesto vazio...gente que protesta assim é veemente contra qualquer coisa só pelo prazer de protestar...não tem um norte, não tem uma causa, não tem uma posição, só têm um protesto!! Não defendem nada mas atacam tudo, correm com um balde d’água, mas não sabem onde é o incêndio, querem parecer aguerridos, mas são pobres fanfarrões “rebeldes sem causa”!
    Dito isto, tenho sim uma teologia em que creio...não gosto dos rótulos: “clássica”, “tradicional” “protestante”, “calvinista” ou “liberal”...meu sincero interesse é se é BÍBLICA...Se é Bíblica é sempre relevante e não caduca!!

    Na Paz de Cristo
    Francisco Jr

    ResponderExcluir
  10. Graça e Paz

    Meu nome é Edinelson Lopes, sou coordenador de evangelismo do ministério Siga o Mestre, um ministério cristão de evangelismo

    e discipulado, quero lhe encorajar neste trabalho de evangelismo atraves deste blog (site). Esta é a forma que encontramos para lhe

    conhecer e oferecer nosso apoio: encorajando a continuar, pois a internet pode ser uma poderosa ferramenta de salvação, quando

    utilizada no SENHOR.

    Quero também te convidar a conhecer nosso site, sempre com textos e vídeos que procuram apresentar o evangelho simples, sem

    misticismos ou fábulas, apontamos sempre para o cristianismo prático, culto racional, como a resposta de Deus para a ardente

    expectativa dos homens, tanto dos salvos quanto dos que se perdem.

    Esteja à vontade para nos visitar quando quiser, será um prazer poder lhe servir.
    Grande abraço, em Jesus, o Mestre.

    Edinelson Lopes
    MINISTÉRIO SIGA O MESTRE

    Obs: Devido a relevância e importância de seu blog, passamos a seguí-lo.

    ResponderExcluir